Archive for the 'Brasileirão 2009' Category



Brasileirão 2009 – 3ª Rodada

3ª Rodada: Cruzeiro 2 x 0 Vitória

crugerson_wa_2305200926502

Simplesmente o jogo mais fácil do ano.

Nem mesmo os times do interior do estado, com toda sua limitação técnica, foram capazes de oferecer um jogo tão fácil para o time celeste. Os baianos vieram a Minas sem nenhuma pretensão de fazer gols, mesmo assim, o atacante Neto Baiano (artilheiro do país na temporada) teve a cara-de-pau de dizer que faria dois gols.

No primeiro tempo, o Cruzeiro ficou praticamente o tempo todo no ataque, e o Fábio nem encostou na bola. A estratégia de jogo do time adversário era de embolar o meio campo tentando impedir que o time azul armasse as jogadas. Mas com Henrique, Fabrício, Ramires e Athirson pelo meio e Jonathan e Gérson Magrão apoiando pelas laterais ficou fácil. A zaga não precisou trabalhar, então os laterais puderam jogar do meio pra frente. Somando ainda Thiago Ribeiro e o gladiador Kléber, não há congestionamento de meio campo que segure.

O primeiro gol surgiu num ótimo lançamento do Thiago Ribeiro por cima da zaga do Vitória, que joga em linha, deixando o gladiador livre pra dominar no peito e chutar de canhota. Simples, sem enfeitar, só chute pro gol e um tento no placar (o que faltou no último jogo).

Numa jogada do queniano azul pelo meio de campo, encontrando Athirson livre pela esquerda, aconteceu o segundo gol. O lateral/meia mandou a bola sem dificuldades para o Kléber na entrada da área que bateu de canhota no canto direito. Simples e objetivo, dois a zero.

E ficou por isso mesmo. O jogo foi muito fácil, sem emoções, era o tempo todo o Cruzeiro tentando descobrir uma maneira diferente para chegar ao gol e, se não fossem as ótimas defesas do goleito Viafara, aumentar o placar.

Destaque para Jonathan que chutou muito bem pra gol, pedalou, driblou, fez muito bem seu papel ofensivo. Destaque também para o Athirson que quase deixou o dele num passe muito bom do Fabrício e foi o melhor jogador do meio campo cruzeirense. Não posso deixar de falar do Gérson Magrão que também mostrou um bom futebol, deixando claro que os laterais do Cruzeiro jogam muito bem ofensivamente, o problema mesmo é quando eles precisam jogar na defesa.

Sem problemas, sem tropeços, sem sustos, enfim, um ótimo jogo para a equipe celeste.

xD

-> Foto: Washington Alves/VIPCOMM

Anúncios

Brasileirão 2009 – 2ª Rodada

2ª Rodada: Náutico 2 x 0 Cruzeiro

0000003930

É sempre difícil, pra qualquer cruzeirense, comentar derrota. Nós não estamos acostumados com esse tipo de resultado e este ano já estávamos mal acostumados.

O jogo de hoje teve dois tempos totalmente distintos que podem ser separados em dois capítulos.

———————————————————————

Capítulo 1 : O Carrossel Azul

No primeiro tempo, o time do Cruzeiro jogou leve, solto, explorando as inocências do time pernambucano. A linha de impedimento feita pela defesa funcionou, as faltas chamadas eram cometidas, os passes rápidos sempre surpreendendo.

O Esquadrão Azul Celeste promoveu um verdadeiro carrossel pra cima do Náutico. Jonathan e Fabrício se revesando entre lateral e meio campo do lado direito, enquanto Paraná e Athirson se revesavam entre meio campo e lateral do lado esquerdo. Elicarlos jogava defensivamente e marcando muito bem, por sinal. Lá na frente, Athirson ou Paraná , Jonathan ou Fabrício e Ramires deixava a defesa do Timbu sem ação. Mas as jogadas não passavam desse ponto do campo. O Cruzeiro chegava com um belo futebol até a área adversária, mas não fazia o gol. Parecia que era questão de tempo, que era só “abrir a porteira” que a avalanche de gols apareceria. Parecia… Mas aí veio segundo tempo.

Capítulo 2: Substituições

No intervalo do primeiro para o segundo tempo, o técnico Waldemar Lemos, do Náutico, substituiu o volante Júnior Carioca, que estava perdendo todas pro Ramires, e colocou o bom atacante pertencente ao Cruzeiro, Anderson Lessa. O time então saiu do 4-4-2 e passou a jogar no 4-3-3. Deixar o meio de campo aberto para o time do Cruzeiro jogar, é suicídio. E logo aos 4 minutos, Athirson mandou uma bola para Thiago Ribeiro já com o carimbo de passaporte para o gol. E o que o Thiago Ribeiro mais sabe fazer na vida? Errar gol. E dessa vez não foi diferente.

O time pernambucano realmente voltou jogando melhor, o esquema de três atacantes estava funcionando e o time chegou perigosamente, também no início da etapa final. Vendo isso, o técnico do Cruzeiro rapidamente tentou recompor o setor de marcação trocando um jogador de características ofensivas, Athirson, por Gérson Magrão. Mas  o time parou de atacar, por falta do homem de referência do meio campo e o Magrão não ajudou a melhorar a marcação. Além disso, Jonathan, Fabrício e Ramires, jogadores que haviam sido importantes no primeiro tempo, simplesmente sumiram em campo. Resultado, 2 a 0 para o Náutico.

———————————————————————

O primeiro gol aconteceu numa escorregada que o Elicarlos deu devido ao péssimo gramado. Uma bola simples de dominar, num momento que o Cruzeiro estava armando um contra-ataque, mas repito, o gramado é péssimo. Perder a bola na intermediária, com a defesa saindo pra armar o contra-golpe é fatal. Derley, do Náutico, ficou cara a cara com o Fábio e, diferentemente do Thiago Ribeiro, fez o gol.

O segundo gol foi jogada típica de contra-ataque, que o Carlinhos Bala teve todo tempo do mundo pra olhar onde queria jogar a bola e demonstrar sua habilidade encobrindo o goleiro cruzeirense.

O Adílson tentou mexer no time trocando todo o ataque. Entraram Zé Carlos e Wanderley e saíram Thiago Ribeiro e W. Paulista. O técnico podia ficar trocando jogador do ataque indefinidamente até o jogo acabar que não ia adiantar nada. A bola não chegava nos jogadores deste setor.

O gramado é um lixo, choveu tudo que era pra chover o mês inteiro, no primeiro tempo o Cruzeiro perdeu muitos gols e no segundo tempo, uma substituição do adversário forçou uma subtituição cruzeirense desencadeando uma série de fatos que levaram à derrota. Se fosse Fórmula 1, eu diria que o Cruzeiro trocou os pneus e o acerto do carro para chuva não rendeu da mesma forma como vinha rendendo antes do pit stop.

Mas que o time jogando como um carrossel no primeiro tempo, foi bonito de ver, isso foi!

xD

-> Foto: Ricardo Fernandes/DP/D. A Press

Começou o Brasileirão 2009

Na verdade, começou semana passada, antes do blog nascer. Mas ainda está em tempo de comentar como o Esquadrão Azul Celeste se comportou na primeira rodada.

1º Rodada: Cruzeiro 2 x 0 Flamengo

cruwagner_wa_1005200926030

O time jogou contra o Flamengo, que por sua vez fez sua melhor partida no ano, segundo o comentarista global. Ainda não entendi como podem escalar um flamenguista para comentar jogo do flamengo, mas tudo bem.

O juizão tava realmente afim de avacalhar, logo no comecinho do jogo, marcou um penalti para o time da Gávea num lance que o Jancarlos conduziu a bola com a mão. Penalti indiscutível. O problema é que o árbitro resolveu expulsar o lateral cruzeirense por ter colocado, sem querer, a mão na bola! O cara não tinha nem cartão amarelo!

O que o juiz não sabia é que ele estava ajudando o Cruzeiro. O Jancarlos não estava bem em campo, e quando o Juan, do flamengo, foi bater o penalti, lá estava a Muralha Azul, Fábio, para defender com os pés. E depois, defender de novo! No rebote que o próprio Juan imendou de cabeça o goleirão voou na bola. Duas defesas incríveis! Quando a TV focalizava o goleiro celeste, foi possível ver o Fortunato incentivando o time, gritando pro time não desistir. Esse lance alterou a cara do jogo que parecia caminhar para um trágico passeio do Flamengo sobre o Cruzeiro, em pleno Mineirão com o maior público da rodada.

Com um a menos, o Adílson teve que tirar um atacante, Thiago Ribeiro, e recompor o setor de marcação. Marquinhos Paraná foi para a lateral, mas continuou jogando no meio. Como ele consegue isso? Também não sei.

Só sei que o time do Cruzeiro se mostrou extremamente disciplinado no posicionamento e na marcação durante o decorrer de todo o jogo.

Kleber deixou o seu golzinho de penalti e no final, no contra-ataque, Ramires selou a vitória. 2 a 0 e um sentimento de que o time jogou muito bem defensivamente.

Post corrido só com o resumão, já que o jogo foi semana passada e eu tenho que, inutilmente, estudar Física(assunto para outro post).

Hoje tem Náutico X Cruzeiro, mas isso também é história para outro post!

xD

-> Foto : Washington Alves/VIPCOM